Rodrigues& Aguiart

Evangélicos se unem para orar pelo presidente Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o senador Flávio Bolsonaro publicou um vídeo de um grupo de evangélicos orando pelo presidente.

Por Valdivan Alves em 15/07/2021 às 15:57:59
Jair Bolsonaro (Reprodução)

Jair Bolsonaro (Reprodução)

O Presidente da República Jair Bolsonaro passou mal e foi levado, na madrugada desta quarta-feira (14), ao HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília.

No final da tarde, ele foi transferido para São Paulo, correndo risco de passar por uma nova cirurgia. O chefe do executivo enfrentava um quadro de obstrução intestinal.

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) disse em entrevista a Joven Pan, que o presidente foi para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e precisou ser intubado como precaução.

"Foi realmente para uma Unidade de Tratamento Intensiva, para ficar ali em observação, com os cuidados melhores. Chegou a ser intubado, sim, para evitar que ele bronco aspirasse o líquido que tava vindo do seu estômago. Isso já havia acontecido em uma das cirurgias passadas que ele fez. Por precaução, apenas, nada de grave."

O quadro de saúde do presidente preocupou a comunidade evangélica, e em todo país houve orações e clamores para a restauração da saúde de Bolsonaro.

Muitos pastores e pregadores famosos usaram as redes sociais para pedir oração pelo presidente, pois o seu estado era preocupante.

Na manhã desta quinta-feira (15), fontes do governo informaram que Bolsonaro está sem dor, o soluço se foi e os movimentos intestinais voltaram. "Tudo indica que não vai precisar de cirurgia", disse.

Nas redes sociais, Flávio Bolsonaro publicou um vídeo de um grupo de evangélicos orando pelo presidente em um monte nesta madrugada, e agradeceu as orações de todos.

"Deus colocou Jair Bolsonaro na Presidência da República! E Ele está no comando de tudo!
Obrigado a todos pelas preces, isso é o que nos dá força todos os dias!", escreveu.

Na publicação anterior, ele ressaltou que em poucos dias o presidente estará de volta, e disse que antes de qualquer coisa, existe uma guerra espiritual.

"Sabemos que é uma guerra espiritual antes de qualquer coisa. Reitero que ele está bem e com o bom humor de sempre. O presidente está em São Paulo por precaução e em poucos dias estará de volta ao trabalho, dando sua vida pelo Brasil novamente", disse.


Comunicar erro
VP

Comentários

GUIA COMERCIAL