Rodrigues& Aguiart

Pastor suspeito de estuprar fiel no interior do Maranhão é preso no Pará

A vítima é uma jovem de 21 anos que foi ameaçada de morte pelo religioso antes de ele cometer o abuso sexual.

Por Valdivan Alves em 28/09/2021 às 15:29:58
Pastor é preso (Imagem ilustrativa)

Pastor é preso (Imagem ilustrativa)

Na manhã desta segunda-feira (27), a Polícia Civil prendeu, em Belém (PA), um pastor acusado de ter cometido crime de estupro contra uma fiel na cidade de Tutóia, no estado do Maranhão, a 463 km de São Luís.

A vítima é uma jovem de 21 anos. De acordo com a polícia, o crime aconteceu em 21 de maio deste ano na zona rural de Tutóia, em um povoado chamado Paxicá.

As investigações policiais apontam que o pastor se aproveitou do seu cargo eclesiástico na igreja do Povoado Porto de Areia a qual a vítima frequentava. Para cometer o abuso sexual, o religioso ameaçou a menina de morte.

O mandado de prisão preventiva do acusado foi expedido pela Comarca de Tutoia, mediante as provas produzidas no inquérito.

A prisão do pastor aconteceu com a parceria da Polícia Civil do Maranhão e com o apoio da 11ª Seccional Urbana do Guamá, no estado do Pará, que possibilitaram que ele fosse localizado no estado vizinho.

Após os procedimentos, o religioso, que não teve a sua identidade revelada, foi encaminhado ao sistema prisional, onde está à disposição da Justiça.

Comunicar erro
VP

Comentários

GUIA COMERCIAL