Rodrigues& Aguiart

Encontrada prova de existência de "Milícia Digital" (veja o vídeo)

Ofegante e estressado o secretario ensina como os funcion√°rios devem agir

Por Valdivan Alves em 12/11/2021 às 15:23:01
Foto Reprodução/Internet

Foto Reprodução/Internet

Finalmente, parece que está provada a existência das tais milícias digitais!

Um vídeo divulgado pelo professor e youtuber Gustavo Gayer mostra o Secretario da Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, treinando comissionados para atacar Bolsonaro nas redes sociais.

Ofegante e estressado o secretario ensina como os funcion√°rios devem agir:

"O Whatsapp sozinho é mais que o dobro da soma das outras redes sociais juntas".

Para o secret√°rio, os comissionados e terceirizados "n√£o est√£o fazendo o dever quando o assunto é elei√ß√£o". A√≠ ele d√° uma ordem sutil que nem uma pedrada no peito:

"Mete o sarrafo no Bolsonaro, rapaz!"

Ele prev√™ que o "whatsapp é a grande arena de luta (...) a√≠ o marqueteiro do PT pode criar pe√ßas para voc√™s viralizar".

Rafael que também é presidente do CONSEFAZ (Comit√™ Nacional das Secretarias de Fazenda), re√ļne funcion√°rios p√ļblicos pagos com dinheiro do povo do Piau√≠, um dos mais pobres da federa√ß√£o, para atacar o presidente Bolsonaro.

Esse cidad√£o n√£o parece ter a mais remota no√ß√£o do seu papel como Secret√°rio de Estado, confunde funcion√°rios (comissionados ou n√£o) com cabos eleitorais e o governo estadual com o partido do governador. E os 45% de piauienses que n√£o votaram no PT no 2¬ļ turno de 2018, tem que mudar de estado?

Existe uma raz√£o para esse desespero. O Governador Wellington Dias (PT-PI) é investigado no √Ęmbito da CPI do Consórcio Nordeste e também num inquérito da Pol√≠cia Federal que apura poss√≠veis crimes como fraude à licita√ß√£o, superfaturamento e organiza√ß√£o criminosa.

Em outra ação da Policia Federal, o governador Wellington e sua esposa, Deputada Federal Rejane Dias, são investigados na Operação Topique. Nessa operação houve busca e apreensão na residência do governador e no gabinete da deputada em Brasília.

A deputada é o alvo das buscas na investiga√ß√£o de um suposto esquema criminoso para fraudar licita√ß√Ķes de transporte escolar quando ela era Secretaria de Educa√ß√£o do Piaui. Os valores desviados est√£o na casa dos R$ 50 milh√Ķes de reais. Por isso é fundamental para o governador do Piau√≠ que Lula seja o próximo presidente.

E se o inquérito das Mil√≠cias Digitais estava "sem foco" agora temos um gestor p√ļblico pressionando funcion√°rios comissionados e terceirizados a montar "um exército" digital, tudo gravado em √°udio e v√≠deo. Com a palavra o STF e o TSE...

Confira:




Comunicar erro
VP

Coment√°rios

GUIA COMERCIAL